10.5 C
Nova Iorque
terça-feira, dezembro 7, 2021

Não existe fórmula mágica, unicamente prática

Rate this post


Iniciar
um tanto é sempre difícil em tudo o que fazemos na vida. Fatores
externos, problemas cá e ali… ou pior: quando desistimos já em
nossa mente sem ao menos termos realmente iniciado a jornada. Vejo
pessoas já desistindo no primeiro problema que aparece.

Uma vez que
você quer melhorar se já desiste logo no início?

Fora
isso, pessoas que acham que o que você faz é fácil e/ou que
conseguirá fazer igual a você se tiver o material que você tem.
Não, não é muito assim.

Praticar
é fundamental
, pessoal. Eu
bato muito nessa tecla porque muitas vezes as pessoas acham que é o
material que uso, e não, não é. O que me fez melhorar foram os 5
anos em que venho praticando sem parar. E olha que só foi até final
do ano pretérito que comecei a usar melhores lápis e canetas, mas
antes disso eu já criava bons desenhos com lápis generalidade em papéis
baratos.

Você
já pode produzir muita coisa boa com um lápis qualquer e um sulfite
qualquer. Basta ter paciência e praticar bastante.

Não
adianta querer usar materiais caros se não souber uma vez que usá-los.
Você só irá se frustrar se seguir esse caminho. O importante é
ter base em luz e sombra, estudar anatomia, sentença, perspectiva,
etc. No início sempre
achamos que existe um via, alguma maneira de melhorar rápida e
“fácil”… Mas a verdade inconveniente mesmo e que sempre
falamos, mas poucos querem ouvir, é que precisa ter MUITA paciência
e treinar BASTANTE. Não existe outra selecção.

Vejo
pessoas em grupos de imagem reclamando quando artistas que estão no
ramo a mais tempo falam que praticar é importante, mas que eles
praticam e não vão para frente. A pessoa fala isso depois que
treinou, por exemplo, imagem de mão por unicamente uma semana e já
acha que deveria ser rabi.

Nem
eu sou ainda!
Eu tenho tanta coisa pra aprender! Não estou nem perto
do que gostaria ainda de estar. A verdade é que eu tenho
muita paciência
. Vou
aprendendo mais e mais a cada imagem que faço e é por isso que
estou onde estou.

Não
ache que é por conta do material que eu uso ou que fiz qualquer ritual
para ser uma melhor artista. É porque eu pratico muito e busco
sempre melhorar estudando e desenhando bastante. Essa é a verdade.
Só comecei a usar materiais melhores depois que aprendi MUITA coisa.
Ter base é chave!

Aquela bagunça que vale a pena.

Não
existe caminho melhor do que praticar e não espere resultados muito
rápidos não! Muitos só veem pequenas melhoras depois de alguns
meses, por exemplo. Eu
mesma quando comecei a treinar em procura de fazer disso uma curso,
lá em 2013, só comecei a ver alguma melhora depois de uns 6 meses.
Na quadra, nem tinha ainda tanta crédito no que fazia. Eu
simplesmente FAZIA e aprendia fazendo.

Frustrei-me inúmeras vezes,
mas não desisti. Treinei luz e sombra com lápis grafite generalidade por
um tempão. Quando comecei a pintar (depois que já tinha uma ótima
base em estudo de luz e sombra, isso depois de 1 ano praticando, mais ou menos) foi o pânico de destruir meus desenhos
pintando que veio à tona. Meu Deus, uma vez que foi difícil. Aos poucos,
fui perdendo o pânico e explorando aquarela e lápis de cor também. Já
fazia arte do dedo, mas, again,
sempre explorando e aprendendo aos poucos. Meus traços em caneta
nanquim ainda eram tímidos em verificação ao que faço hoje. Minha
primeira encomenda foi esse ano, ou seja, 5 anos depois. E desses,
precisei de 4 para ter crédito no que faço hoje e para principiar
a ter qualquer reconhecimento. 5 praticando e quero continuar praticando
por muitos e muitos mais anos!

É
importante ter paciência e muita garra para seguir esse sonho
maravilhoso. Continuem na jornada e não desistam.
Fiquem firmes porque, eu sei, não é fácil… Mas com o tempo e
muita paciência você verá que todo o esforço valeu a pena.

E, convenhamos: isso não vale só para imagem não. Vale para TUDO o que você quiser fazer na vida.

Enfim,
não existe ritual, material milagroso ou caminho fácil. É só
trabalho duro mesmo. A jornada é árdua, mas ao mesmo tempo boa
demais, principalmente quando você começa a definir um estilo
próprio (levei 4 anos também para principiar a definir o meu, aliás) e a ver o quanto você
melhorou com o tempo! 😉

Now
go forth and explore! <3

Créditos: fotos por Estée Janssens e Ricardo Viana no Unsplash.

Related Articles

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Latest Articles